YouTube lança aplicativo que permite assistir vídeos offline

27 de Setembro de 2016 15h – Atualizado às 15:42

ytt

O sonho de muita gente se tornou realidade: o Google finalmente lançou um aplicativo para assistir a vídeos do YouTube sem o uso de internet. A novidade foi anunciada nesta terça-feira (27) pela gigante durante um evento na Índia.

Batizado de “YouTube Go”, o app promete permitir a visualização de conteúdos com baixo gasto de dados móveis de internet, além de carregar vídeos no próprio aplicativo para serem visualizados mesmo sem conexão. O compartilhamento dos arquivos de modo offline também é uma das promessas do programa.

O usuário poderá escolher a resolução em que deseja carregar o vídeo e será avisado pelo aplicativo sobre a quantidade de memória que seu dispositivo possui para o armazenamento do conteúdo.

Por enquanto, o app só estará disponível na Índia, país conhecido pelas conexões de internet precárias. A previsão é que o YouTube GO seja lançado globalmente logo no início do próximo ano.

http://adnews.com.br/internet/youtube-lanca-aplicativo-que-permite-assistir-videos-offline.html

Itaú e Veja presenteiam leitores com óculos de realidade virtual

27 de Setembro de 2016 10h – Atualizado às 10:50

itauveja

Em ação idealizada pela Africa em parceria com a Editora Abril, o Itaú distribuiu óculos de realidade virtual para assinantes da Veja. A revista que saiu nesse fim de semana levou essa novidade para 10 mil assinantes, que contaram com o recurso para ver as matérias editoriais com conteúdos virtuais, em 360º, preparados especialmente para a edição. Além disso, houve na revista um filme do Itaú produzido para a ação.

A distribuição foi viabilizada com a participação do Abril Big Data (ABD), que selecionou a base de pessoas que foram contempladas pela iniciativa. “Mais uma vez o Itaú e a Veja juntos num projeto extremamente inovador. Esse é o DNA do Itaú e da Africa, buscar incansavelmente tudo que traduza inovação pra marca”, comenta Francisco Custódio, diretor geral de mídia da Africa.

Os conteúdos foram acessados por meio da tecnologia mobile view, com o aplicativo Blippar, apontando a câmera do celular para as páginas da revista, e é possível assisti-los com ou sem os óculos. Assim, todos os leitores de VEJA puderam aproveitar o conteúdo. “Realidade virtual é a última palavra em tecnologia de entretenimento e informação, e VEJA e Itaú trazem esse recurso de forma pioneira no Brasil em uma revista impressa. Viabilizar essa grande inovação para o meio revista enriquece a experiência do leitor, pois traz conteúdos que se complementam no impresso e no digital”, afirma Andrea Abelleira, diretora de Marketing da Abril.

“Com este projeto, queremos trazer novas perspectivas de se vivenciar o conteúdo da marca. É nosso DNA apostar verdadeiramente na inovação e na transformação a partir da tecnologia. Nossa parceria histórica com VEJA sempre foi pautada por surpreender os leitores de um jeito relevante e inspirador. Chegou a hora de darmos mais um passo juntos nessa direção”, complementa Eduardo Tracanella, superintendente de Marketing do Itaú.

Itaú Personnalité lança plataforma de conteúdo mobile first

27 de Setembro de 2016 13h – Atualizado às 13:28

itau

O Itaú Personnalité lançounesta terça-feira (27) uma plataforma de conteúdo digital que se torna o principal ponto de contato da marca com seus clientes e prospects. A plataforma é uma reconstrução da já existente Revista Personnalité. A novidade é que o novo formato foi desenhado para ser integralmente mobile first. Com criação da DPZ&T e conteúdo da Editora Trip, o  site reunirá elementos personalizados para atender às necessidades de um público que demanda mais facilidade de acesso.

“A nossa revista é um sucesso desde o seu lançamento, em 2007, e decidimos atualizá-la, trazendo uma nova atmosfera e explorando novos formatos. Continuamos a apostar em uma linha editorial focada nos hábitos dos nossos consumidores, mas agora dentro de uma plataforma de conteúdo de fácil acesso”, explica Fernando Amaral, diretor de Marketing Negócios do Itaú Unibanco.

O novo formato não necessita de download e, por isso, é compatível com qualquer smartphone. A interface será alimentada a cada dois dias com vídeos e reportagens relacionados a empreendedorismo, viagens, gastronomia, negócios, música, cultura, esporte, entre outros. “Queremos mostrar que valorizamos as iniciativas digitais, essenciais na aproximação com nossos clientes, que estão cada vez mais conectados e buscam por formas inovadoras de consumir informação”, completa Amaral.

A proposta é que o conteúdo da revista seja difundido para abastecer todos os canais e meios utilizados pela marca. “Entrevistas e vídeos exclusivos com personalidades serão veiculados também em mídia impressa e Pay TV, além de explorar formatos digitais inovadores, em que o usuário poderá montar seu próprio conteúdo final, selecionando sua geolocalização e o segmento que mais o interessa”, conta Fernando Luna, sócio e diretor editorial da editora Trip.

Segundo Fernando Diniz, Chief Strategy Officer da DPZ&T, não é novidade que as pessoas estão cada vez mais consumindo conteúdos em suas própriastimelines, onde e quando as interessar. “Foi com esse pensamento que desenvolvemos a estratégia da plataforma. A ideia é atuar com um pensamento de conteúdo líquido, e o mais interessante seja utilizado no lugar da propaganda convencional para conquistar a atenção do público e depois os direcionar para o canal da marca”, conclui.

O objetivo, segundo a marca, é ser cada vez menos broadcaster, com mensagens diretas e tradicionais, e se comportar mais como uma brand publisher, criando conteúdos editoriais que engajem seu público com sua mensagem.

A plataforma Revista Personnalité poderá ser acessada pelo site (clique aqui).

http://adnews.com.br/internet/itau-personnalite-lanca-plataforma-de-conteudo-mobile-first.html

Novo ‘Daily Mix’ do Spotify faz você redescobrir suas músicas favoritas

27 de Setembro de 2016 13h – Atualizado às 13:42

daily

O Spotify, líder mundial em streaming de música, acaba de lançar o novo recurso Daily Mix, uma série de playlists praticamente inesgotáveis que une as músicas preferidas do usuário com faixas novas que combinam perfeitamente com seu gosto musical.

Daily Mix sincroniza as músicas que o usuário já ama dentro de uma playlist que se renova periodicamente. Seja para dançar ao som de um pancadão ou relaxar com uma trilha mais suave, os novos Mix aproveitam para misturar faixas preferidas com novos lançamentos na plataforma.

À medida que o gosto musical do usuário evolui, o Daily Mix também amadurece. Na verdade, quanto mais se ouve, melhor ficam as Mix, pois elas oferecem uma experiência inteiramente baseada em hábitos de consumir música. Se alguma faixa não agradar, é só clicar o botão “excluir” para removê-la de playlists futuras. Já o ícone “coração” adiciona o hit à coleção.

Daily Mix é uma forma de encurtar o tempo em planejar a rotina de escutar música todos os dias, oferecendo listas constantemente atualizadas com faixas favoritas e reprodução praticamente infinita. Assim, o usuário gasta menos tempo organizando playlists e aproveita mais as músicas que gosta.

Disponível para a versão mais recente do Spotify para Android e iOS, o Daily Mix fica dentro de “Suas Músicas”. O lançamento está disponível para todos os usuários da plataforma, tanto para o serviço gratuito quanto para o Premium. Novos usuários terão acesso ao Daily Mix depois de duas semanas de uso da plataforma. Em breve, o recurso novo estará disponível para desktop.

http://adnews.com.br/tecnologia/novo-daily-mix-do-spotify-faz-voce-redescobrir-suas-musicas-favoritas.html

Google lança aplicativo que te ajuda a organizar suas viagens

20 de Setembro de 2016 12h – Atualizado às 12:02

google

O Google nasceu como um facilitador da vida moderna, e assim ele quer continuar. A empresa acaba de anunciar a criação de um aplicativo para auxiliar a organização de viajens: o Google Trips.

Disponível gratuitamente para Android e iOS, a novidade traz serviços como consulta de reservas, montagem de trajetos diários, sugestões de restaurantes, informações sobre o transporte público, e listagem de hospitais próximos em caso de emergências.

A ideia é usar a compatibilidade de todos os programas do Google para otimizar as tarefas da viagem. Por exemplo, o aplicativo aproveita as informações que você aproveita em seu Gmail, como sua passagem aérea, para organizar os horários para você. Por exemplo, ao notar o recebimento de um e-mail de passagem, ele automaticamente cria um roteiro com informações das cidades a serem visitadas.

O app também sugere atrações a partir de lugares bem avaliados no Google. Através de aba Day plans, por exemplo, você pode organizar seu roteiro, contando sempre com o Google Maps.

Brasileiros passam em média 4 horas por dia conectados a internet pelo celular, aponta pesquisa

 

15 de Setembro de 2016 – 

mobile

O mobile é tão usado para “conversar” quanto para fazer ligações (90%). Isso indica como o texto tem substituído a voz nas comunicações eletrônicas para mais pessoas e por mais vezes por dia. Também cresceu todo e qualquer tipo de atividade feita pelo celular: acessar e-mails (85%); navegar na internet (87%); buscar notícias, empregos e viagens (71%) e fazer chamadas (89%). Os dados fazem parte do MMA Mobile Report Brasil 2016, organizado pela MMA Latam e realizado pela Millward Brown Brasil e a NetQuest, com patrocínios das empresas Adobe, Adsmovil, In Loco Media e Logan. O estudo foi realizado com 1.200 homens e mulheres de 14 a 55 anos que possuem um aparelho celular ou tablete com acesso à internet.

Os maiores momentos de contato com o celular se dão ao acordar, na hora do almoço e ao deitar. Os Millenials são a geração que têm uma relação muito mais constante com os celulares, presentes em todos os momentos de ócio deles. Enquanto o brasileiro passa, em média, 3 horas e 14 minutos navegando no celular todos os dias, os Millenials ficam 4 horas por dia conectados à internet por meio de um dispositivo móvel.

Publicidade

Os usuários de internet estão mais propensos a clicar em publicidade online. Em 2015, apenas 41% afirmava não clicar em nenhuma propaganda, em 2016 este número reduziu para 32%. A exposição à publicidade no mobile praticamente duplicou desde 2015. O Youtube ultrapassou o Facebook e se tornou a rede onde os usuários mais reconhecem a visibilidade da publicidade. A atenção dedicada às mensagens publicitárias também aumentou consideravelmente. Em 2015, 30% dos Millenials nunca davam atenção à publicidades na internet versus 22% no estudo de 2016. A parcela desta geração que sempre dá atenção à publicidade na internet saltou de 9% para 13%, o mesmo ocorreu com o grupo que às vezes prestava atenção, que subiu de 62% para 65%.

As diferentes gerações são unânimes ao apontar “casa” como o melhor local para ver propaganda. O segundo melhor local para a geração Millenials é em um estabelecimento público, enquanto a geração X prefere quando está viajando. A média dos usuários que não clicam em publicidade online em hipótese alguma caiu de 41% para 32%. Os millenials se destacam como os mais resistentes (37%). As fotos de produtos aparecem como o formato de publicidade melhor aceito entre todas as gerações e o interesse na marca é a principal motivação para ver as propagandas.

Compras

Aproximadamente 4 em 10 usuários já efetuam compras via aplicativos. Compras de roupas, taxis e ingressos são as transações mobile mais realizadas pelos users. Os millenials são os que mais investigam comentários e recomendações de marcas e produtos antes de efetivar uma compra. As três principais categorias de interesse de cada geração são: Millenials: 1º celulares e informática/ 2º moda e acessórios/ 3º perfumes e cosméticos; Y: 1º celulares e informática/ 2º eletrodomésticos/  3º moda e acessórios; X: 1º celulares e informática/ 2º eletrodomésticos/  3º TV, Som, DVD, Fotos; Bommers: 1º eletrodomésticos/ 2º celulares e informática/ 3º TV, Som, DVD, Fotos

Plano de Dados

Aproximadamente seis entre 10 brasileiros avalia o plano de dados como ruim (48%) ou péssimo (13%), enquanto apenas 25% consideram “nem bom, nem ruim” e apenas 11% consideram bom e outros 3% excelente. Os números indicam uma inversão na avaliação deste serviço das operadoras em relação a 2015, quando ruim e péssimo somavam 16% das opiniões e mais da metade se dividiam entre bom (47%) e excelente (7%), além de outros 30% neutros. Apesar de o brasileiro estar mais crítico em relação ao serviço das operadoras, também aumentou o número de pessoas que possuem um plano de dados: de 60% para 67%.

Aplicativos

Outro dado que chama a atenção na pesquisa é que o uso de aplicativos é cada vez mais comum entre as pessoas. Atualmente, os brasileiros usam em média oito aplicativos por semana contra seis em 2015. 83% responderam que fazem download de novos apps e 34% possuem até dez apps em seus aparelhos. redes sociais são tão comuns e frequentes entre os usuários quanto o uso do celular para falar ou trocar mensagens. Facebook, Instagram e Snapchat são as redes sociais que mais diferenciam os mais jovens (millenials) dos mais velhos (boomers). Aplicativos mais pragmáticos, como de bancos e o Waze são mais comuns entre Gen X e Boomers

http://adnews.com.br/internet/brasileiros-passam-em-media-4-horas-por-dia-conectados-internet-pelo-celular-aponta-pesquisa.html

De olhos abertos para o Snapchat

14 de Setembro de 2016 15h – Atualizado às 15:44

snap

Você pode até não querer enxergar, mas o mundo digital só fala de Snapchat. Quem foi ou acompanhou a Vidcon, evento dedicado às novas formas de comunicação em vídeo, percebeu isso logo de cara. Apesar da primeira impressão ser de ameaça, é possível encarar o Snapchat como uma grande oportunidade para os profissionais da comunicação se apropriarem com propriedade da ferramenta. Onde tem gente consumindo, é preciso ter gente produzindo. E se engana quem pensa que são só os usuários que estão por trás da rede.

Criado em 2011, o Snap (como é chamado pelos usuários) tem tido um crescimento exponencial e já é considerado um dos maiores unicórnios – empresas que valem mais de um bilhão de dólares – da atualidade. Segundo a Bloomberg, dez bilhões de vídeos são visualizados na rede diariamente. Este número já ultrapassou o do Facebook. Isso sem falar que já são 150 milhões de usuários ativos na rede todos os dias. Não é de se surpreender que o Snapchat lidere a preferência dos jovens, e já supere até mesmo o Instagram.

O cruzamento de storytelling, criatividade, simplicidade e comunicação, são os ingredientes essenciais para essa aderência dos jovens à rede. O Snapchat só funciona em celular e é feito de alguns componentes: snaps (mensagem em vídeo ou foto trocada entre usuários), histórias (publicações das últimas 24 horas dos indivíduos), ao vivo (eventos ao vivo) e discover (a plataforma de publicação de grandes empresas). Tudo isso com apenas três telas e um número mínimo de botões.

O aplicativo tem tudo a ver com a forma que nos comportamos. A ideia de acumular já não faz mais sentido. Antes, você frequentava um evento, tirava muitas fotos para só depois publicar várias na internet.  Hoje, tudo é instantâneo e as fotografias servem para expressar o que você sente, onde esteve ou, melhor ainda, para conversar. Isso sem falar que, ao contrário das outras redes, em que você tem um feed e assiste primeiro às últimas publicações, o Snapchat mostra a sua história em ordem cronológica e isso faz muito mais sentido para produtores de conteúdo.

Mas onde entram os profissionais da comunicação nisso tudo? Nas produções para marcas, que estão se dando conta de que precisam produzir para o Snap.  Além da própria criação do conteúdo para contas, ainda é necessário criar anúncios para as áreas discover e live. Isso sem falar nos filtros. Para entender, vale procurar os cases do Gatorade e do Tacco Bell no Snapchat. O último chegou a 224 milhões de interações em um dia.

Profissionais são necessários tanto na produção quanto na estratégia. As empresas não sabem muito bem o que publicar e como publicar. Na essência, a receita é ser verdadeiro e informal misturando vídeo, efeitos, fotos, animações e gráficos. Isso mesmo: tudo junto e na vertical. O aplicativo foi feito assim. E como começar a bombar? Inove e seja visto. Esteja conectado aos lançamentos da plataforma e traga influenciadores para o seu perfil. A Selena Gomez, por exemplo, mostrou bastidores da sua turnê no Snapchat da Coca-Cola. Isso funcionou muito bem para a estratégia da empresa.

São realmente muitas possibilidades e se você estiver pensando em criar uma conta agora para não ficar para trás. A dica é: não se assuste se a primeira experiência for confusa. Não é raro escutar “não consigo entender esse tal de Snapchat”. Nesse momento, tudo se divide entre os que abandonam a rede e os que aprendem a usá-la. Se você quiser estar conectado ao que há de tendência no mercado, insista. A plataforma é perfeita para conversar com millenials e com a geração z.

*Greta Paz, é fundadora da MPQuatro, startup dedicada a produção de webvídeos

http://adnews.com.br/adarticles/de-olhos-abertos-para-o-snapchat.html